Cadastre seu e-mail para receber notícias do Vitória

Você receberá um e-mail com um link, clique nele para ativar e confirmar sua inscrição. Caso não tenha recebido, cadastre-se novamente.

Um jogo, mais uma Invenção e três fatos determinantes

Vitória: Eu Sou Vermelho e Preto, Eu Sou Paixão!Um jogo, mais uma Invenção e três fatos determinantes

Por Lucas Rochas §iquilho [lucas.rochas@yahoo.com.br]

Precisando reverter um placar de 4x0, todos esperavam um Vitória com a mesma postura tática do Brasileirão, competição a qual o time é líder, sem sofrer gols, com aproveitamento de 100%.
Diferentemente da primeira partida, quando o nosso treinador criou uma "salada de frutas tática", sendo responsável por mais de 90% de culpa pela derrota, o mais provável seria a manutenção do 4-4-2 e um time mais encorpado no meio, sem desguarnecer a zaga.
Pois bem, 45 minutos antes do jogo e sai a relação de titulares... Eu, já no Barradão tentava entender o que o nosso treinador cientista (Viva a globalização!) estava planejando para a partida. Esquema tático: 3-3-4, para os amantes de jogos de FM e Brasfoot, 2 zagueiros e um lateral; 2 volantes e um meia de armação; 1 ala, 2 atacantes e um centro avante.

Um esquema tático audacioso, típico dos antigos Kamikazes, ou até mesmo dos homens-bombas:
Por um lado, precisávamos fazer 5 gols, e o esquema priorizava isto. Entretanto, um gol sofrido, e pimbaaa, fudia tudo, cada gol sofrido correspondia a fazer mais dois gols e a utilização de um ala/atacante deixa evidente que o mesmo não marcaria da mesma forma que um lateral, ou um terceiro zagueiro.

Eis o primeiro fato, um esquema ofensivo sem proteções defensivas, e uma "avenida sete" na nossa lateral direita.

Vendo este esquema tático lembro-me do comentarista Paulo Cerqueira, da rádio Metrópole:
“Futebol é lógica, não adianta inventar demais, se é atacante é atacante e ponto final”.

O Árbitro dá início à partida com o Vitória atacando no gol que fica de frente a T.U.I, e logo aos 1m20s, minutos falta na intermediária, Ramon toca de lado para Neto Baiano soltar um foguete rasteiro no canto esquerdo do Goleiro Vascaíno e marcar seu 23º gol na temporada:
Vitória 1 x 0. Faltavam mais 4 gols para a classificação. (Sendo coerente também elogio o treinador, finalmente uma jogada ensaiada.)

Um gol logo no começo era tudo o que precisávamos, mas Eis que surge o segundo fato, em consequência do primeiro:

Sem lateral direito, obviamente a marcação nesta lateral era "pecuária", (como dizem os menos abastardos), e o Vasco que não tinha nada a ver com isto montou suas banquinhas na "Avenida 7" da lateral direita rubro-negra, empatando o jogo e logo jogando um balde de água fria na euforia do time e da torcida aos 4 minutos de jogo: Vitória 1 x 1 Vasco.

A partir daí a missão era ainda mais complicada sendo necessários mais 5 gols para a classificação. O time ainda se portava bem no ataque, mas dava muitos sustos na torcida quando o Vasco insistentemente atacava pela direita da defesa.
Bosco até que tentava, mas fica difícil jogar na esquerda quando se é destro, principalmente quando só se sabe chutar com a perna direita. Em três jogadas pela linha de fundo perdeu a bola quando tentava girar o corpo para cruzar com a perna direita.

Ramon, jogador que eu sempre critico, fazia uma boa partida. Fazia bem o pivô no meio, centralizava as jogadas, e por incrível que pareça CHEGOU ATÉ A CORRER!
Pena que continua insistindo em bater escanteios e faltas diretos no gol, no primeiro ou no segundo pau.

O Vitória atacava e perdia gols:
-Washington dentro da área finaliza mal, em cima do goleiro.
-Ramon podendo chutar da entrada da área valoriza demais e perde o lance.
-André Luiz entra pela direita e caindo chuta fraco, com o goleiro mandando a bola a escanteio.

Aos 42 do primeiro tempo o Terceiro fato, o lance que desestruturou o time:
NETO BAIANO EXPULSO.


Escanteio para o vitória, a defesa do Vasco retoma a bola, sai em contra-ataque e o auxiliar levanta a bandeira, eu vejo e não entendo, o lance continua, a bola chega em Víafara que sai jogando, e só aí o Árbitro vê a bandeira suspensa, conversa com o Auxiliar e expulsa Neto Baiano.
O artilheiro do Brasil, nervoso, teria cuspido em um jogador do Vasco, parte para cima dos árbitros, e só é contido à força pelos companheiros, saindo de campo revoltado.
O banco de reservas do Vasco comemorou euforicamente. Era visível o desânimo dos demais jogadores rubro-negros.

Daí em diante, a postura do time mudou completamente, notoriamente os jogadores ficaram cabisbaixos.

Fim do primeiro tempo, Vitória 1 x 1 Vasco.

Na volta do intervalo PCC resolve modificar o time, e faz mais uma burrada: Sai Ramon, jogador de criação e coloca Carlos Alberto, segundo volante lento e marcador.

A meu ver, deveria sair Washington e entrar Roger, voltando a dar referência na área; Mandaria Bosco para a direita, tiraria Vanderson(fora de ritmo) e colocaria Bida, deslocando André Luis para a ala esquerda e deixando Bida com o controle das jogas pelo meio.

A saída de Ramon fez Vanderson virar o criador do time, aí já viu né?

-Paramos de atacar.

Mais um substituição e entra o "comedor de lambretas", mais gordo e mais lento que Ronaldo fenômeno, Nadson. Aprovei sua vinda, da mesma forma que aprovo sua saída e achei que neste tempo parado o "sacana" tinha pelo menos se recondicionado fisicamente, mas não foi isso que vimos. Vimos um jogador sem condições de atuar com a camisa rubro-negra, estando com 5 meses de temporada e ainda fora de forma, muito acima do peso, realmente ele veio à Salvador a passeio.

QUE VÁ PASSEAR NO CONTINENTE ASIÁTICO.

E o Vasco gostando do jogo.
Por falar em Vasco, que time fraco!
Se bobear, não sobe.
Aproveito o ensejo para criticar a fraquíssima equipe de esportes da rádio transamérica: dizer que o Vasco poupou o vitória no segundo tempo, é brincadeira!! O time do Vasco é ruim, ficando mais de 3 vezes impedidos, saindo pela linha lateral com a bola, um desastre.

PCC resolve modificar o time pela terceira vez, colocando Willian no lugar de André Luis.
Willian até que entrou bem, mas encontrou um time super perdido em campo, batendo cabeça nos posicionamentos táticos e abatidos por estar com 9 jogadores devido à saída de Nadgordo por contusão.

Fim de jogo, ínicio dos questionamentos:

*Porque Bida, Roger e Robinho nem entraram no decorrer da partida?
*Carlos Alberto é melhor do que Bida?
*Porque não manter o mesmo esquema do Brasileiro?
*Será um esquema tático por competição?
*Não seria burrice deixar para brincar de "Cartola" numa competição mata-mata?

-Ficou evidente que perdemos os dois jogos nas invenções de PCC, mas não sou, ainda, a favor da sua saída. PCC deve ser analisado nas próximas 4 partidas onde enfrentaremos os clubes mais preparados, pois se estruturaram para à libertadores. Vamos ver no que dá e a partir disto, o custo beneficio deverá ser analisado.

-Quanto ao Brasileiro, vemos um competição super equilibrada, e com possibilidades de vaga para a Libertadores, ou até mesmo o título nacional. Em 20 jogos, já tivemos 10 empates, o que prova o equilíbrio técnico dos times.

-VAMOS MEU LEÃO, VAMOS CALAR A BOCA DE TODOS COM UMA GRANDE CAMPANHA NESTE BRASILEIRÃO.

-PONTO POSITIVO, A TORCIDA!

Jogo às 21h50 em um dia com paralisação dos rodoviários, em uma noite chuvosa, com um placar totalmente adverso e mais de 9 mil pagantes, sem vaias e com aplausos para o time no final da partida, reconhecendo que os jogadores foram guerreiros.
Parabéns torcida Rubro-negra!!

-MELHORES JOGADORES EM CAMPO:

-Uelington: O garoto vem mostrando que joga muito, e merece uma vaga o time titular.
Uma coisa é certa, temos um volante à altura de Vanderson na reserva.

-Wallace: O único que chorou após a partida, e que vem tendo um enorme crescimento na equipe principal. Para mim, um dos destaques do time em 2009.

-LIMITAÇÕES NO ELENCO:

O vitória precisa de dois meias: um meia esquerda, e um que seja veloz, ou até mesmo um que possua as duas características.
Quando Apodi não joga o time é lento.

-LISTA DE DISPENSAS:

Ano passado não disputamos a Copa Sul americana e ainda assim o time teve um grande desgaste físico, perdendo a disputa pela vaga à Copa Libertadores por não possuir um elenco equilibrado e com peças de reposição á altura.
A lesma do Marco Antônio jogou de lateral, volante, meia de armação e de atacante, pois não possuíamos mais jogadores bons na reserva e havíamos dispensado Ewerton. Este ano estamos prestes a cometer o mesmo erro: Gláucio, Cristian e Willian devem ficar.
Ramon não aguentará a série de jogos, muito menos L. Domingues.
E aí, quem sobrará na reserva?

E o "mistério de Reina na Ilha de Lost", quando teremos transparência sobre o assunto?

-CONTRATAÇÃO:

LEANDRO

O lateral-esquerdo Leandro está de volta ao depois de sete anos em de acordo com o site oficial, será apresentado na segunda-feira. Leandro começou a carreira no América-RJ e depois se transferiu para o Vitória, onde jogou de 1998 até 2002. Depois defendeu Cruzeiro, Porto e Palmeiras até chegar ao Fluminense.

SRN
__________
Comentários
10 Comentários

10 comentário(s):

Lucas Serra disse...

Que resenha viu Lucas Rocha!

Pensei que vc fosse falar quem seriam as suas dispensas. hehehe

Discordo quando vc diz que Gláucio deve ficar, pra mim ele já teria saído, junto com André Luis e mais meia dúzia de jogadores.

*†Lucas Rochas §iquilho†* disse...

Lucas Serra, são tantos jogadores que isto é motivo para outro post.
[risos]
Para Gláucio sair novos meias devem ser contratados.

Anônimo disse...

Parabéns pelo texto, exatamente o que penso, só precisavamos de um time armado ao estilo Ricardo Silva (sem inventar) que conseguiriamos o resultado, trazer do tumulo (washington e André Luiz) foi sacanagem.
Porém quero falar de outra sacanagem que ocorre de forma muito escrota. A tv jahia, vem tentando das maneiras mais baixas nos atrapalhar, a nossa diretoria tem que tomar providências sobre isso.
No mais, valeu jogadores, valeu torcida e ainda temos muito para conquistar esse ano.
2009 o ano do Leão

Ricardo Santos

Pedro Luiz disse...

Com certeza, temos ainda muita coisa, estamos melhor que 2008, isso é fato.

Marcelo disse...

Se o vasco é fraco e jogando no rio ganhou de 4 e depois vindo a salvador empatou o jogo em 1 x 1, o vitoria é o que, o Barcelona ou o Manchester United?

*†Lucas Rochas §iquilho†* disse...

Marcelo o vitória é o "cartola" de PCC.

Anônimo disse...

Se o Vitória até perdesse jogando o feijão com arroz, eu ficaria feliz...

Esse time do Vasco na Série A ficaria entre os últimos... na série b vai subir, mas eu nao duvido de perder pra um Fortaleza, um Jahia da vida nao...

Anônimo disse...

Agora ruim por ruim, Paulista e Sto Andre já ganharam a CB, e o Vitória q tinha um time muito bom, parou no Flamengo em 2004...

Dá raiva que o Vitória nao faz igual o Sport e cala a boca dessa imprensa sulista infeliz...

Lucas Serra disse...

Infelizmente não tivemos times para prosseguir.

Anônimo disse...

PCC FORA!!!

Postar um comentário

Siga o ECVitóriaNotícias no Twitter: @ecvnoticias

Últimas notícias

Postagens populares (última semana)

Postagens populares (últimos 30 dias)

CAMPEONATO BRASILEIRO 2014 (28ª rodada)

Jogo ao vivo: Sport x VITÓRIA .


Dia: 12/10/14 (domingo)

Horário: 18:30h (hor. de Brasilia)


Links das rádios/tv na web:


Rádio Metrópole 101,3 FMRádio Transamérica 100,1 FMRádio TudoFM 102,5Rádio Itapoan 97,5 FMRádio CBN 100,7 FMRádio Sociedade 740 AMRádio Excelsior 840 AM