Cadastre seu e-mail para receber notícias do Vitória

Você receberá um e-mail com um link, clique nele para ativar e confirmar sua inscrição. Caso não tenha recebido, cadastre-se novamente.

Falcão no País das Maravilhas: O ouro de tolo. Por Lucas Rochas.

Quem nunca leu (ou ouviu falar) sobre a Alice, menina sonhadora que viveu a fantasia de um mundo surreal, repleto de sonhos, fantasias e loucuras? Um mundo ideal, porém surreal. Pois é, a jovem Alice encantou, e ainda encanta, várias pessoas ao redor do mundo e, acredito que o Senhor Carlos Falcão é um destes "fãs de carteirinha" vivendo em um mundo que não condiz em nada com a realidade e os fatos atuais.

Como não sonhar assumindo um clube que obteve a melhor colocação entre os nordestinos na era do nacional com pontos corridos?

Isto sem mencionar a hegemonia estadual dos últimos 20 anos e as sucessivas goleadas no rival tricolorido.

Pois é, hipoteticamente o cenário é amplamente favorável, tudo tende a dar certo e nada precisa mudar. QUE MARAVILHA!

ENTRETANTO, NÃO EXISTEM VITÓRIAS SEM LUTAS, TRABALHO, DEDICAÇÃO E, PRINCIPALMENTE, PLANEJAMENTO.

O elenco atual do Vitória é extremamente limitado e carente em diversos setores e a diretoria permanece inerte conforme cantarolva o gênio baiano do Rock Raul Seixas: "sentada em um trono de um apartamento esperando a morte chegar".

Pois é, esta colocação do vitória no brasileiro de 2013 foi um verdadeiro "ouro de tolo".

O mínimo plausível de coerência já demonstraria que a fórmula de sucesso era simples:

Manter a base do ano passado e reforçar o elenco. Simples e prático.

Um dos fatores prepoderantes para a não-classificação do leão para a libertadores 2014 foi justamente a escassez de peças de reposição à altura na equipe. Victor Ramos, Escudero, o sempre contestado Cajá, Maxi Biancucci e Dinei eram peças únicas na equipe e, a impossibilidade de jogar nestas posições trouxeram muitos problemas para o vitória ao longo da competição.

Idealmente falando, após as renovações supra-citadas, o ideal seria reforçar o elenco. Infelizmente, o lado "Alice" do presidente sobressaiu e o Vitória simplesmente regrediu.

Cajá, o sempre contestado, era peça única no elenco.Mesmo estando no banco, servia para mudar o time taticamente e era uma peça vital no elenco. Não teve o seu contrato renovado e NENHUM JOGADOR COM A MESMA CARACTERISTICA FOI CONTRATADO. Ou seja, o setor que já era carente e só possuia uma peça passou a não ter mais nenhuma. Que fique bem claro que Hugo não rende muito nesta posição e possui caracteristicas de terceiro homem de meio e/ou segundo atacante.

Precisamos e um jogador que cadencie o jogo, pense, articule. Na zaga, ambos os titulares sairam e não foi contratado nenhum jogador de referência ou até mesmo com caracteristicas de lider/xerife.

Escudero, peça chave do elenco, era o setor que mais preocupava. Após aquele erro bisonho do departamento médico do clube, que sucedeu a sua contusão, o leão da barra obteve teu pior rendimento na competição e, conclusivamente, este foi o período crucial onde pontos importantes foram perdidos e fizeram falta no final da competição. Ficou claro e evidente que o clube precisava de um jogdor à altura para disputar a vaga com ele. Quem veio? Ninguém!

No ataque, um ataque cardíaco. Dinei, que começou o ano de 2013 como segunda opção, tornou-se titular.Viu jogadores como Pedro Oldoni, Lúcio Maranhão, Giancarlo, Alan Pinheiro, Edson e Rômulo passearem pela toca imperceptivelmente. André Lima, "a primeira opção", segundo a diretoria, chegou tarde e só rendeu 15" em campo, uma cirurgia e uma não-renovação nefasta, sem explicação. Reféns de Dinei, por sorte,o mesmo não se contundiu, correu, sobrepôs tuas limitações e ajudou muito ao clube. 2014 começou, nenhuma novidade no setor e Dinei permanecia soberano, abandonado e como única opção até o contestado Souza, "o caveirão baladeiro", ser anunciado, contestado e rejeitado por mais de 80% da torcida, mas ainda ssim contratado.

Marquinhos, com os mesmos erros de 2008(quando ascendeu aos profissionais) tornou-se um jogador inconstante, com cada vez mais raros lampejos.

Maxi, o até então ídolo rubro-negro, em uma negociação amadora e repleta de "disses-me-dissses" entre ambas as partes, foi parar em itinga.

Wille, um jogador promissor, ficou como substituto. Se contundiu, ninguém foi contratado(ao menos para disputar a vaga com ele) e mais uma lacuna se abriu no elenco.

Diante de tamanhas lacunas no elenco, varios "se" e especulações surgiram. Ninguém chegou e novamente fomos eliminados de forma vergonhosa da copa do nordeste pelo limitado ceará. Aliás, o Vitória ainda não venceu em 2014 nenhum adversário que estivesse entre as séries A e B do brasileiro.

A derrota no clássico de ontém pode até ser vista com "bons olhos" pelo torcedor, pois passou da hora do Sr. Falcão acordar para a realidade que nos rodea.Que tal derrota faça o presidente constatar que nosso elenco é limitado e sem condições de disputar um campeonato Brasileiro.

Daqui a exatos 26 dias o Vitória estreará no Brasileirão 2014 contra o Internacional-Rs em Porto Alegre e as maiores esperanças
do time se encontram nos pés de Souza e Hugo. Seria cômico se não fosse trágico. Aliás, nem trágico, nem cômico, pois nosso presidente vive no mundo de Alice, o mundo surreal das maravilhas.

QUE A REALIDADE NÃO SEJA TÃO CRUEL E QUE O SR. CARLOS FALCÃO ACORDE ENQUANTO HÁ TEMPO.

Por: Lucas Rochas §iquilho
E-mail: lucas.rochas@yahoo.com.br
__________
Comentários
10 Comentários

10 comentário(s):

Givaldo Paula Ferreira disse...

O grande erros dos dirigentes do futebol nordestino a desculpa q não temos condição financeira pra competir com os clubes do sul esuldeste isso e desculpa de fracassado porque eu achava q esse ano todo ia se diferente com planejamento do vitoria ia se diferente mas à novela vai se repetir mas uma vez só coitado de nos torcedor.

J Mocota disse...

Muito bom o texto.

Preciso e criativo.

Plac, Plac, Plac...

PS - Só ficou faltando falar que a DEMOCRACIA TRICOLOR ta mais organizada que a "tirania rubro-negra".

---------------

Eleições Diretas 2016

Avante Leão!

Tiago disse...

Disse tudo o texto acima! Falcão me parece que vive naquele desenho, O Fantástico mundo de Bob! Talvez seja porque o verdadeiro time dele seja o Fluminense do Rio, fato visto por mim no próprio Barradão onde ele vestia a camisa tricolor na tribuna de honra do estádio a uns 4 anos atrás.. Nosso time é limitado, e precisa acordar! Cadê as contratações??? Chega de historinhas e aparecer dando entrevistas de faz de conta Sr Falcão!

Paulo Roberto disse...

Escrevi alguns comentários no período eleitoral do E.C.Vitória sobre a incapacidade de gestão "futebolistica", do Sr. Carlos Falcão, nada contra o caráter e a honra do homem Carlos Falcão. Apenas achava no momento e ainda acho o atual presidente do Vitória despreparado para o cargo, principalmente por ser o futebol um meio em que menino amarelo não se cria. Acho que Alexi Portela realizou grandes feitos no exercício do mandato como presidente do Clube, mais prestou um grande desserviço quando literalmente, apenas com o seu nome e prestígio pessoal, elegeu literalmente um poste para dirigir os destinos do maior Clube do Nordeste do Brasil. E que pena, parece que o poste não vai dar luz !!!!!!!

Anônimo disse...

Sr falcão o senhor não vai bagunçar o meu vitoria?
Se isto acontecer vc vai ter serios problemas a nossa torcida não é burra entende de futebol queremos reforços urgente

Rafael Burgos disse...

Bom texto. Discordo apenas da parte que diz que nenhum substituto de Cajá foi contratado. O Hugo faz a mesma função que o Cajá. Ele não é um jogador de velocidade pra jogar pelos lados. Fez a mesma função do Cajá como meia centralizado do 4-2-3-1 no Goiás, e aqui, deve atuar da mesma forma.

Jaime Fernandes disse...

Mais um detalhe a "era do sr. Raimundo Queiroz ja chegou ao fim"
Fora boca murcha.

Anônimo disse...

Falcao n entende d fultebol quer encher o bolso. Kd o dinheiro d leo eo dinheiro d gabriel fizeram oque q transparencia é essa.

Anônimo disse...

lucas serra ,vou descordar em vc em alguns pontos,nao e que hugo e souza tenha que ser nossa unica esperança, eles sim na minha modesta opniao que conheço um pouco de futebol, hugo e souza vao ajudar e muito o vitoria,eles tem experiencia e futebol pra jogarem um brasileirao,quanto a dupla de zaga do vitoria eu tenho certeza que a comissao tecnica e a diretoria do vitoria ta vendo a fraqueza que e essa zaga pra disputar um brasileirao.lucas meu amigo tenha paciencia e confie que o vitoria vai encontrar uma soluçao. vamos todos nos unir e fazer essa corrente positiva em pro do nosso time,

Anônimo disse...

Só não ver quem não quer. No inicio do ano eu postei um comentário da morosidade dessa diretoria que maqueia números da administração e não conhece de futebol. A muito tempo venho batendo nessa tecla. Não é só pelo BAVI que perdeu mas pela equipe desistruturada que tem. É inadmissível algumas coisa como contratar Defendi, Dão , Ferrari, Lucas Zen, Hugo e Souza. Perder Victor Ramos, Kadu, Maxi . Liberar Edson Magal ( será que é pior que Lucas Zen ) Artur Maia , vender Léo por uma bagatela e ainda ficar com o dinheiro do Atletico do Paraná. Alexi , Falcao e Queirós não entendem de futebol. Até concordei em renovar com Aírton, Juan , Escudeiro , Wilson e Ney Franco mas dai vc perder peças fundamentais como a Zaga por incompetência e contratar jogadores no escuro. O Vitoria deve reformular urgente mandar Souza, Hugo , Dão , Ferrari, Lucas Zen e Defendi embora urgente. Dinei, Marquinhos, Aírton, Juan, Caceres e Wilson comer um Banco para refletir. Time base para continuar o Baiano. Gustavo, Nino, Salustiano, Luís Gustavo, Euller, Marcelo, José Wellison, Mauri e Mineiro, Willy e Willian Henrique. É só dar confiança a garotada e insistir dar seqüência de jogo.

Postar um comentário

Siga o ECVitóriaNotícias no Twitter: @ecvnoticias

Últimas notícias

Postagens populares (última semana)

Postagens populares (últimos 30 dias)

CAMPEONATO BRASILEIRO 2014 (28ª rodada)

Jogo ao vivo: Sport x VITÓRIA .


Dia: 12/10/14 (domingo)

Horário: 18:30h (hor. de Brasilia)


Links das rádios/tv na web:


Rádio Metrópole 101,3 FMRádio Transamérica 100,1 FMRádio TudoFM 102,5Rádio Itapoan 97,5 FMRádio CBN 100,7 FMRádio Sociedade 740 AMRádio Excelsior 840 AM