Cadastre seu e-mail para receber notícias do Vitória

Você receberá um e-mail com um link, clique nele para ativar e confirmar sua inscrição. Caso não tenha recebido, cadastre-se novamente.

Corinthians 2 x 1 Vitória – 23/07/09 - Uma máquina de perder gols

home / menu / campeonatos / brasileirão 2009 / partida 13ª rodada


Corinthians 2 x 1 Vitória – Uma máquina de perder gols
Por: Lucas Rochas [lucas.rochas@yahoo.com.br]

"Não é a toa que eles figuram desde o início no pelotão da frente. Sem dúvidas foi o melhor adversário que pegamos este ano."
Douglas, camisa 10 do Corinthians em entrevista à Rádio Globo São Paulo.


Com este comentário do meio-campista alvinegro Douglas começo este texto. Tenho que admitir que estou Puto da vida, principalmente com o atacante Roger, que nas últimas três partidas influenciou diretamente nos resultados, perdendo gols inacreditáveis. Na noite em que o Ronaldo Fenômeno caiu mediante o grandioso Leão da Barra, o ataque não correspondeu e pontos como estes podem futuramente fazer falta.

O treinador Carpegiane deu ao time uma cara nova. O time se tornou ousado, rápido e agressivo. Diferentemente de temporadas anteriores, quando o time recuava quando jogava fora, o leão da barra este ano assumiu uma nova postura. Uma postura de time grande, o que realmente ele é. As quatro derrotas rubro-negras no certame foram fora de casa, e com exceção da derrota perante o Cruzeiro, a pior partida do leão na competição, perdendo por 2x 0, todas as outras foram por 2 x 1 com o leão dominando e pecando nas finalizações.

Hoje, o Vitória veio a campo nervoso. Marcação atrasada e muitos espaços no meio-campo, proporcionaram ao Corinthians um meio-campo livre, e muito toque de bola. O alvinegro paulista, um time experiente e bem treinado, passou a estudar o rubro-negro baiano, e logo percebeu que à frente da área existia um grande bloqueio defensivo. A partir disto, resolveu testar o arqueiro rubro-negro que, diga-se de passagem, está numa excelente fase, e fez duas grandes defesas:
-Uma aos 8 minutos, em chute do Morais e outra aos 10, em chute do Dentinho.

Aos 15, eis que o grandioso Ronaldo Fenômeno sucumbiu ao também grandioso Leão da Barra, indo ao chão em uma cobrança de falta. No contra-ataque puxado por L. Domingues, Roger finalizou bem, mas o goleiro Felipe defendeu.

Sem saída de bola e sufocado pelo meio-campo Corintiano, Ronaldo se redimiu, e aos 20 minutos deu um lindo passe para Dentinho, que simplesmente fez um gol de craque, daqueles que só não dá gosto de ver por ter sido em cima do Vitória. Victor Ramos, como um mero espectador, apenas acompanhou a pintura.
Corinthians 1 x 0 Vitória.

O gol fez com que o leão desse uma "acordada", e aos 28, em uma jogada ensaiada (Maravilhosa, por sinal!) L. Domingues fuzilou, pena que foi meio do gol. O Goleiro Felipe, recebeu a bola em sua direção, pegando fogo, e espalmou para o lado. Mais eficiente, o Corinthians não desperdiçou sua oportunidade. Douglas deu um passe em profundidade pelo meio da zaga rubro-negra, Victor Ramos, acompanhando Ronaldo, olhou para A. Martins, que olhou para Victor Ramos, nenhum dos dois foram na bola e o zagueiro Jean, que não tinha nada a ver com isto, apenas teve o trabalho de tirar do goleiro Víafara e marcar o segundo tento do alvinegro na partida:
Corinthians 2 x 0 Vitória.

O Vitória insistentemente abusava, e irritava, tentando jogar apenas pela direita. Já visado, o lateral Apodi recebeu marcação especial nas duas últimas partidas, e o Vitória ainda insiste em apenas explorá-lo. O lateral esquerdo Leandro, aparece pouco, mas quando aparece causa perigo, e aos 43 deu um passe lindo, deixou Apodi na cara do gol, só faltando dizer: "Faça meu filho, faça!". O maluco-beleza mais querido do Brasil não se fez de rogado e diminuiu o placar para o rubro-negro:
Corinthians 2 x 1 Vitória.

DETALHE DA JOGADA: Neste gol ficou evidente a jogada que Paulo César Carpegiane tentou utilizar contra o CAM no Barradas e não deu certo, com os dois Laterais aparecendo pelo meio, sendo que o Apodi surge de surpresa por trás da zaga como segundo atacante.

E fim de um primeiro tempo que teve Willian apagado, Leandro pouco acionado pela esquerda, L. Domingues prendendo muita bola, a zaga batendo cabeça e o meio marcando muito atrás.

Mudando da água pro vinho, comentei com meu tio no intervalo da partida que alem de treinar finalizações Roger também deveria fazer um treinamento físico de arranques em 25/35 metros, da mesma forma que faz o Kleber Pereira, atacante do Santos. O nosso atacante até sai da área, se movimenta, mas não ganha uma bola em velocidade. Fica a sugestão.

-SEGUNDO TEMPO: ROGER DECIDE MAIS UMA PARTIDA, PENA QUE NEGATIVAMENTE.

Começo do segundo, e de cara, uma nova postura em campo. Marcação adiantada e muitas bolas roubadas no meio-campo deram ao Vitória o domínio total da etapa complementar. Willian continuava escondido da partida. Magal me lembrava Renan, marcando muito, mas errando muitos passes e o Leandro Domingues ainda prendia muita bola. Apesar dos pesares O VITÓRIA ERA SOBERANO E PARECIA QUE JOGAVA EM CASA.

Logo no começo do segundo tempo o leão da barra partiu para cima do adversário, e antes dos 10 minutos já tinha levado perigo ao gol adversário por diversas vezes. Com 1 minuto Apodi caiu na área, mas o juiz nada marcou, e achei que ele, desta vez, acertou. Falando no meliante, quero até saber qual o livro de regras que ele leu, e qual o número da regra que diz que encostar em Ronaldo é falta. Ô nojeiraaaa, era só encostar nele que o juiz apitava.

Com apenas 10 minutos do segundo tempo, e sentindo que perdia o domínio da partida o treinador Mano Menezes tratou logo de modificar o time, pondo Jorge Henrique, no lugar de Morais, tentando dar mais velocidade à sua marcação e saída de bola. Nada adiantou. O leão dominava e o segundo gol parecia questão de tempo. Aos 11 A. Martins quase marcou. Em um torpedo pela diagonal direita, tirando tinta da trave adversária. Roger se movimentava muito, e o time mesmo dominando a partida não colocava a bola no chão, insistindo em lançamentos para a área.

O jogo transcorria, o Vitória dominava completamente a partida, mas não marcava o gol. Tal situação me fez lembrar um camarada que só anda atrás da mulherada mas, cerca, cerca e não fura ninguém.

Aos 30 minutos Carpegiane substituiu o apagado Willian pelo Bida, e a partir daí o time passou a colocar mais a bola no chão, tendo uma maior consitência no meio e trocando mais passes, principalmente pela esquerda.

Até que aos 33 minutos do segundo tempo o atacante Roger quis aparecer. Tendo em vista que o mini-curso intitulado de "Como perder muitos gols em uma partida", ministrado por ele após os jogos contra o Náutico e o CAM fez sucesso, ele resolveu abrir um ressalvo para mais uma turma(Espero que tenha sido para apenas uma turma mesmo!!) acrescentando apenas mais uma palavra ao tema:
"Como perder muitos gols INACREDITÁVEIS em uma partida".

Parafraseando o trecho de uma música da Banda Clave, da qual meu brother Léo Bonadie é baterista: "Procuro uma maneira pra dizer tudo o que sinto por vc", me limitarei a ser irônico e não comentarei este lance, caso contrário adjetivarei o camisa 9 do leão da barra com termos muito esdrúxulos e de baixo calão.

Deixo bem claro que não estou aqui para desmerecer o trabalho de ninguém. Críticas construtivas existem, e os atletas como "pessoas públicas" estão expostos a isto, devendo contornar tais situações e dar a volta por cima em campo, com a correção dos erros. Não desmereço o trabalho de Roger em um todo, afinal de contas, ele já tem 8 gols na competição e 8 gols não são feitos a toa, mas já são três partidas consecutivas com gols relativamente fáceis perdidos. Deixo o termo relativo, pois como diz o ex-jogador e grande comentarista Tostão: "Criticar depois do jogo, achando tudo simples é fácil, o difícil é estar ali e participar." Uma coisa é certa, estes pontos perdidos nas últimas partida poderão pesar negativamente mais a frente. Espero que tais erros sejam acertados, e nos momentos decisivos o time tenha competência suficiente para converter tais oportunidades.

Aos 35 Carpegiane colocou Itacaré no lugar de Magal, dando uma maior referência ofensiva ao ataque e deixando Bida como segundo volante.

O juiz, tendencioso ao extremo, amarelou os três zagueiros. Até quando isto vai durar? Até quando teremos faltas invertidas, cartões amarelos desnecessários e seremos garfados?

Para finalizar o jogo:
-Mais uma finalização bizarra de Roger, aos 42.
-Ramon substituiu o Apodi, aos 43.
-Anderson Martins mandou um tirambaço de fora da área, o goleiro Felipe espalmou e o juiz erroneamente deu tiro de meta para o alvinegro paulista, aos 44.
-Víafara fez um milagre, em uma grande defesa aos 46.

Em seguida, fim de jogo, e mais uma injusta derrota rubro-negra fora de casa. O técnico Paulo césar Carpegiani acredita que o time tem jogado melhor fora que dentro de casa. "Nós impusemos nosso ritmo no segundo tempo, perdemos gols incríveis. O corinthias teve dois lances e fez dois gols. Nós tivemos seis chances e só fizemos um". Pela segunda vez em 13 rItálicoodadas o Vitória não está entre os quatro primeiros colocados. O time está conseguindo o mais díficil, que é deixar os atacantes livres para finalizar, cara a cara com o gol.Agora é afinar a pontaria e partir para cima do Coritiba neste domingo, no horário escroto de 18:30, com o apoio massivo da torcida.

Vamos Leão, em busca da reabilitação.

FICHA DO JOGO:

CORINTHIANS 2 X 1 VITÓRIA
Corinthians: Felipe; Diogo, Chicão, Jean e Diego; Jucilei, Elias, Morais (Jorge Henrique) e Douglas (Moradei); Dentinho (Marcinho) e Ronaldo
Técnico: Mano Menezes

Vitória: Viáfara; Wallace, Anderson Martins e Victor Ramos; Apodi (Ramon), Uelliton, Magal (Itacaré), Leandro Domingues e Leandro; Willian (Bida) e Roger
Técnico: Paulo César Carpegiani

Data: 23/07/2009 (quinta-feira)
Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (Fifa-RJ) e Ubirajara Ferraz Jota (PE)
Público: 23.600 pagantes (total de 24.912)
Renda: R$ 790.364,50
Cartões amarelos: Elias, Dentinho, Felipe (COR); Magal, Wallace, Victor Ramos, Anderson Martins (VIT)
Gols: Dentinho, aos 21min, Jean, aos 30min, e Apodi, aos 42min do primeiro tempo

Irritado com "incompetência", dirigente do Vitória promete trazer atacante

O vice-presidente de futebol do Vitória, Jorge Sampaio, não se conteve com os gols perdidos pelo atacante Roger e pelo meia Willian no segundo tempo da partida contra o Corinthians e prometeu reforçar o ataque da equipe."Foi incompetência nossa de não fazer os gols, o Vitória jogou de igual para igual, o esquema está funcionando, mas isso não adianta se não soubermos finalizar", disparou o dirigente.Jorge Sampaio disse que até a próxima semana espera anunciar um reforço para o setor. "Esperamos poder anunciar o nome de um atacante para brigar com o Roger pela camisa 9", declarou.Sampaio admitiu estar negociando com um atleta, mas negou que fosse do exterior. "Ele fala portugues, está no Brasil e joga num grande time". O nome de Tuta, do São Caetano, é o mais cotado.

POR: Uol esporte.com

SRN

Confira os resultados dos jogos da 13ª rodada do Brasileirão 2009:
22/07/09 (quarta-feira)
Santo André 0 x 2 Cruzeiro
Avaí 1 x 0 Grêmio
Flamengo 1 x 1 Barueri
Santos 1 x 0 Atlético-PR
Goiás 2 x 1 Palmeiras
Náutico 2 x 2 Botafogo
Internacional 2 x 2 São Paulo
23/07/09 (quinta-feira)
Corinthians 2 x 1 Vitória
Atlético-MG 2 x 1 Fluminense
Coritiba 1 x 1 Sport

Sobre o Brasileirão 2009:
Veja a Tabela de classificação.
Veja apenas os jogos do Vitória.
Veja a artilharia completa.
__________
Comentários
7 Comentários

7 comentário(s):

Anônimo disse...

Fila da puta aquela desgraça Paulo Carneiro tá pagando pra esse Roger entregar o jogo !!! não irei mais pro barradão enquanto esse fila da Puta estiver no vitoria ... desculpa mais acredito que essa raiva não é so minha sim de todos que ama o vitoria .

Lucas Serra disse...

Já estamos perdendo a nossa zaga, os 3 zagueiros e um volante receberam cartão amarelo: Wallace, Victor Ramos, Anderson Martins e Magal.

*†Lucas Rochas §iquilho†* disse...

Discordo quando vc diz que não vai ao barradas.Neste momento todo apoio é fundamental.Se é para ficar ttrês jogos sem ganhar, ao menos que seja jogando bem!

EC Vitória Timão disse...

juiz ladrão!!!

Anônimo disse...

O Vitória está jogando bem suas partidas, está faltando apenas um matador. Rofer infelizmente só faz gol na cagada.

Diver disse...

Não é possível q a diretoria do Vitória continue achando q o time deve depender desse manco incompetente desse Roger. Ele nunca foi bom atacante nos times por onde passou vai desencantar no Vitória?? A Diretoria precisa acordar e contratar pra ontem um atacante de peso q seja condizente com o bom time do Vitória; caso contrário todo o excelente trabalho da equipe e do técnico vai ser prejudicado por esse "anta-cante". ACORDA VITÓRIA.

Anônimo disse...

Temos todos nos manifestar e mostra a insatisfação contra o atacante roger e temos que sim apoiar o time .

Postar um comentário

Siga o ECVitóriaNotícias no Twitter: @ecvnoticias

Últimas notícias

Postagens populares (última semana)

Postagens populares (últimos 30 dias)

CAMPEONATO BRASILEIRO 2014 (28ª rodada)

Jogo ao vivo: Sport x VITÓRIA .


Dia: 12/10/14 (domingo)

Horário: 18:30h (hor. de Brasilia)


Links das rádios/tv na web:


Rádio Metrópole 101,3 FMRádio Transamérica 100,1 FMRádio TudoFM 102,5Rádio Itapoan 97,5 FMRádio CBN 100,7 FMRádio Sociedade 740 AMRádio Excelsior 840 AM